Conceito aberto: Vantagens & Desvantagens

Conceito aberto

O conceito aberto desempenha um papel importante na construção residencial. O objetivo é criar magnitude no ambiente, maximizar a integração da sala e garantir a identidade moderna do projeto, seja qual for o desenho da decoração.

O que é um conceito aberto?

Segundo os arquitetos da Minimal, o conceito aberto é uma grande área social integrada que inclui a cozinha, sala de jantar e sala de estar – ambientes tradicionalmente organizados em diferentes contextos. “Nas últimas décadas do século 20, especialmente em Nova York, houve uma mudança no uso dos prédios do interior, que antes eram usados ​​como indústrias e fábricas, mas passaram a ser usados ​​como moradia para jovens. sem divisórias, então o ambiente é dividido por móveis. A partir daí, o conceito de loft pega”, explica a dupla.

Conceito aberto: 25 fotos e dicas para valorizar o ambiente

Prós e contras de criar um conceito aberto em um projeto residencial

Como em qualquer opção, um conceito aberto traz muitas vantagens e desvantagens em um projeto. Arquitetura mínima lista cada um deles:

Vantagens

  • Ao contrário dos costumes coloniais, hoje o próprio ato de cozinhar organiza a socialização. Durante as reuniões de amigos e familiares, a cozinha se torna o ponto focal desses eventos. Mesmo que nem todos realmente usem a cozinha, estar perto da sala de jantar e da sala de estar permite o contato visual e a interação.
  • Com exceções ocasionais, todos os cômodos de uma casa precisam de iluminação e ventilação naturais. Quanto mais subdivisões no plano, mais difícil será acertar isso em todos os ambientes. Em grandes espaços integrados com grandes aberturas, como sacadas ou sacadas, é possível abordar vários ambientes construídos simultaneamente.

  • Construção simplificada – mais alvenaria significa mais material, mais mão de obra, mais tempo de construção, mais entulho. Se você pode abrir o conceito, você pode realmente construir menos trabalho.
  • A integração do ambiente não traz vantagens apenas no âmbito da socialização. No dia a dia, essa transição fácil de um ambiente para outro também simplifica atividades como limpeza, comunicação e circulação.
  • Um ambiente como uma sala de TV ou home office pode se transformar de parte dessa área social unificada para algo mais isolado. Uma possível alternativa para isso é a utilização de grandes portas de correr que integram e separam o ambiente de acordo com as necessidades do momento.
  • Em pequenos apartamentos como pequenas cozinhas ou estúdios de prestígio – quer você goste ou não – tornam-se populares nos grandes centros urbanos, a integração do ambiente é quase obrigatória. Em um espaço de poucos metros quadrados, é possível sediar diversos eventos sem perder muita qualidade de vida por meio de uma programação bem planejada.

Desvantagens

  • Quando eliminamos as paredes, eliminamos também o espaço que poderia ter um armário. Por isso, em muitos casos vemos casas abertas, na sala, com grandes prateleiras para livros, decorações, lembranças de viagem, retratos, DVDs, Blu-rays, etc. Na cozinha, os móveis sob medida são dimensionados para atender necessidades específicas. No entanto, dependendo do número de itens e utensílios que uma casa possui, isso pode se tornar um problema.
  • A estrutura da edificação deve estar pronta para acomodar grandes vãos. No caso de reformas, às vezes eliminamos algumas paredes divisórias, mas é impossível eliminar os pilares, que acabam atrapalhando e prejudicando o fluxo pretendido. Considerando a construção nova, em alguns casos será necessário realizar mais armaduras da própria laje, o que encarece um pouco a obra na fase estrutural.

  • A pandemia manteve muitas pessoas trabalhando e estudando em ambientes fechados, seja para eventos pessoais ou reuniões online, idealmente com algum grau de silêncio ou privacidade. Nem todas as casas possuem um ambiente adicional que pode ser usado como home office, e a dependência da sala acaba sendo a única opção possível.
  • As paredes de uma casa não são apenas tijolos, portas e janelas. Possuem projetos de infraestrutura hidráulica, elétrica, gás e ar condicionado. Essas questões precisam ser consideradas nessa reorganização, e um plano de realocação precisa ser desenvolvido se essas instalações estiverem presentes nas paredes a serem demolidas. A realocação do ponto de energia é relativamente simples – desde que não estejamos falando de um quadro de luz. Por outro lado, a instalação de água, esgoto e gás é um pouco mais complicada, principalmente em apartamentos.

CONTINUE LENDO O NOSSO CONTEÚDO:

Cozinha gourmet, você sabe o que é?

Como organizar a casa: 20 dicas para manter a casa sempre arrumada

Dicas Fáceis De Organização | Como Fazer Colmeia Organizadora em 6 passos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.